Admin 3.2.0

Considerações

Estamos cheios de novidades importantes para os nossos clientes! Trabalhamos arduamente para mantê-los sempre à frente com recursos inovadores e possibilidades de excelentes negócios. Desta vez, trazemos o Grupo de Atendimento, um novo gestor de usuários da plataforma e o histórico de acessos, nos relatórios. Então, sem mais delongas, vamos ao que é de interesse mútuo.

1. Grupo de atendimento
GEAR Admin/Configurações/Operação/Grupo de atendimento

Recurso que facilita as diferentes formas de atendimento à portarias. Com esta ferramenta, você aumenta o endereçamento dos seus serviços. Além da Portaria Remota e Portaria Autônoma, agora você pode oferecer serviços de atendimento à Portarias Híbridas e Presenciais.

Para criar um grupo, inicialmente você seleciona quem são os atendentes que farão parte do mesmo. É necessário que tenha pelo menos um único atendente incluso neste grupo. No caso do atendimento presencial, o porteiro que vai atender direto do condomínio, deve estar cadastrado no GEAR Admin (o cadastro dos usuários passou por melhorias e você verá logo abaixo, no item 4). Seguindo o processo, no passo 2 deste artigo, você precisa escolher qual(is) o(s) condomínio(s) que receberá(ão) as configurações de atendimento.

2. Configuração de atendimento
GEAR Admin/Configurações/Operação/Config. de atendimento

Ao abrir esta sessão, serão listados todos os condomínios cadastrados em sua base de dados. Destacados de vermelho, estão os condomínios que ainda não possuem nenhuma atribuição de configuração. Para isso você clica no ícone de engrenagem da coluna Ação e determina, nesta nova janela, um ou mais horários (veja os detalhes sobre horários no item 3) e qual(is) o(s) grupo(s) de atendimento (criado no item 1). Salva e já estará configurado a forma como o condomínio, em específico, será atendido. Podemos afirmar que a partir de agora você pode oferecer:

  • Portarias 100% presenciais: onde o GEAR será instalado no condomínio e o atendimento será feito integralmente por lá;
  • Portarias Mistas: onde você determina os horários (dias e período de tempo) entre o atendimento da sua central e os porteiros de um condomínio, por exemplo. Ou os porteiros do condomínio e a portaria autônoma. Ou a portaria autônoma e a sua central. Ou todos os itens em horários distribuídos. Estes são só alguns exemplos de possibilidades;
  • Portaria Remota: poderá criar dentro da sua central, grupos específicos de acordo com o número de atendentes que estará disponível para você. Grupos para horários de pico etc.

3. Horários
GEAR Admin/Configurações/Sistema/Horários

Neste item, do menu, você poderá criar quantos horários específicos precisar. Dentro de um horário você pode determinar até três intervalos para cada dia da semana. Neste primeiro momento, os horários criados estarão influenciando somente os grupos de atendimento. Informaremos, em breve, os recursos do GEAR Admin que passarão a contar com a ferramenta de horários.

4. Usuário
GEAR Admin/Configurações/Usuário

Esta sessão foi toda modificada. Agora é possível listar o resultado por ordem de cada coluna exibida, por ordem alfabética. Também é possível localizar rapidamente pelo campo de pesquisa no topo da página. Mas esses são detalhes superficiais. O mais importante você encontrará ao adicionar ou editar algum usuário. O processo de inserção/edição foi dividido em três etapas.

Na primeira, estão distribuídas na janela, as informações pessoais, a foto do usuário, o campo de login e a senha (com um medidor do nível de segurança da senha). Em seguida, na etapa dois, você encontra um campo opcional de e-mail e um select com os tipos de usuários. Os tipos de usuários mudaram. As opções agora são:

  • Administrador: tem privilégio total no GEAR Admin. Tudo está liberado para este usuário. É indicado para supervisores, gerentes e/ou administradores da sua empresa;
  • Atendentes: os atendentes - ou, operadores - se classificam em dois tipos distintos. O primeiro é relacionado a quem vai atender o GEAR direto da central. Este usuário é denominado como Atendente Remoto (na central de atendimento). O segundo tipo é para quem vai atender o GEAR direto do condomínio, por exemplo, um porteiro físico na portaria presencial. Este usuário é denominado como Atendente presencial (no condomínio). Se esta segunda opção for escolhida, aparecerá outro select para que você informe qual o condomínio (apenas um) este usuário fará atendimentos;
  • Personalizado: como o nome já sugere, o usuário personalizado tem privilégios restritos de acesso no GEAR Admin. Estes privilégios abrangem tanto os recursos do GEAR como os acessos aos condomínios. Você consegue configurar quais os recursos e qual o condomínio, um síndico pode acessar. Assim como, criar um usuário para seu técnico, com acesso a todas as configurações de módulos, integrações e monitoramento de equipamentos, sem permitir que o mesmo veja os cadastros dos moradores. Estes são apenas dois exemplos de várias possibilidades que você poderá criar a partir deste momento.

Na terceira e última etapa, você encontra diferentes formulários, a depender da sua escolha do tipo de usuário - na segunda etapa. Se o usuário for do tipo Administrador, aparece uma mensagem confirmando o cadastro. Se for escolhido

Atendente (independente da classificação), é exibido um formulário com dados de configuração do TIPO DO VOIP, que pode ser do tipo G-PHONE (servidor VOIP, 100% em nuvem e integrado ao GEAR) ou Grandstream. Basta preencher as informações solicitadas. Por último, se o usuário escolhido for o Personalizado, abrem checks com todos os itens e subitens do GEAR Admin para que você consiga permitir somente o que cada usuário pode acessar.

5. Histórico de atendimento
GEAR Admin/Relatórios/Histórico de atendimento

Para iniciar uma consulta, você deve primeiro escolher um condomínio. Após a escolha, já é gerada uma lista das últimas 24 horas de atendimentos, do mesmo. Você poderá refinar essa consulta de duas formas. São elas:

  • Clicando no botão FILTROS, abre um painel com as possibilidades disponíveis para o refinamento, que podem ser por atendentes, por eventos e por período de datas e horas inicial e final;
  • Ou digitando no campo “Digite palavras-chaves” para localizar dentro de todo o resultado, alguma palavra que você está buscando. Você pode usar diversas palavras. Para que cada palavra tenha um valor específico, após digitá-la, pressione o enter em seu teclado.

Depois que o resultado for localizado, você pode ver os detalhes clicando no ícone da coluna AÇÃO, na tabela. Abrirá uma janela onde as informações estarão listadas, passo a passo de como aconteceu o atendimento, finalizando com um resumo deste atendimento pelo GEAR B. I.

Deste resultado, pode ser gerado um arquivo PDF que poderá ser usado em condições que você não tenha acesso ao GEAR Admin.


GEAR 3.0.0

Considerações

Nesta versão do GEAR, os operadores poderão fazer consultas mais detalhadas no histórico de acesso de cada condomínio. Estes detalhes ajudarão no entendimento de eventos e prontas respostas que serão necessárias passar.

Histórico de acesso
Todos os acessos são registrados pela plataforma GEAR e armazenados em uma base de dados segura, rápida e precisa.

E diante de tais condições, impantamos no menu principal do condomínio, a ferramenta histórico de acesso.

Clicou no ícone, apontado na img #1, entra na página de filtros de consulta para a sua busca.

Os filtros, como vemos na img #2, se dividem em dois tipos. O primeiro item é o filtros de busca por rápida que está dividido em três intervalos absolutos de tempo. É uma pesquisa de todos os dados registrados dentro daquele intervalo indicado.

No segundo item, o operador pode personalizar o intervalo de tempo por data e/ou por hora da sua pesquisa.

Vale informar que um filtro anula o outro, logo, se quiser saber dados registrados na última hora, basta clicar no botão ÚLTIMA HORA da busca rápida que instantaneamente serão listados todos os dados de acessos registrados na última hora, daquele condomínio.

Da mesma forma, caso queira um intervalo menor, por exemplo, o oprador pode determinar o intervalo no filtro do item dois, da img #2. Depois de configurado o range de tempo, basta clicar no botão abaixo.

RESULTADO DA PESQUISA
Será montada uma lista com os resultados registrados de acesso. Podemos entender o resultado em três colunas, seguindo img #3. No item dois, será informada a data e hora do registro. O item três, informa qual foi o meio pelo qual foi registrado esse evento. Perceba que há um contorno nas cores verde e vermelho. A cor verde indica que houve o acionamento correto. A vermelha indica falha no acionamento. Já no item quatro, ficam os dados detalhados do acesso que são o nome e sobrenome do agente, a unidade a qual está cadastrado, o tipo do acesso e a sua origem.

Ainda nesta página, encontramos, podemos ver o item um que é um campo de pesquisa para refinar mais ainda a sua busca.

ÚLTIMOS ACESSOS DAS UNIDADES
Também é possível ver os últimos 25 acessos correspondêntes a uma unidade. Para isso entre na unidade e no menu da unidade, clique no ícone últimos acessos (img #4).

Img #1: o ícone do histórico de acesso é encontrado no menu principal do condomínio.

Img #2: ao entrar na ferramenta, dois tipos de filtros para fazer as consultas de histórico de acesso.

Img #3: a lista detalha com as informações do histórico de acesso.

Img #4: o ícone do histórico de acesso é encontrado no menu principal do condomínio.

Img #5: o ícone do histórico de acesso é encontrado no menu principal do condomínio.

RESULTADO DA PESQUISA
Nesta versão do GEAR, os operadores poderão fazer consultas mais detalhadas no histórico de acesso de cada condomínio. Estes detalhes ajudarão no entendimento de eventos e prontas respostas que serão necessárias passar.


CONTROL ID iDFlex

Considerações

O iDFlex, da Control ID está homologado para o GEAR. As principais funções que você poderá explorar deste equipamento versátil, são:

  • Cadastro remoto da biometria;
  • Cadastro de tag;
  • Cadastro de usuário;
  • Acionamento remoto;
  • Evento de porta aberta;
  • Cadastro de usuário;
  • Evento de porta violada;
  • Evento de pânico.

GRANDSTREAM GXP1610

Considerações

Visando atender às empresas que trabalham com aparelho físico nas mesas de cada operador, em sua central, trazemos esta grande novidade: homologação do aparelho Grandstream GXP1610 ao GEAR.


IP DAS CÂMERAS DO G-CAM

Considerações

Agora, ao fazer o login no GEAR, será preciso informar se o servidor das câmeras está local ou externo, como vemos na imagem acima..

Essa demanda surgiu por que um cliente situado em uma cidade (matriz), expandiu sua área geográfica de atendimento para outra cidade (filial). O atendimento da filial será local, mas o servidor VMS está instalado na matriz, em outra cidade.

Neste caso, os operadores da filial sinalizam como IP Externo. Já os operadores da matriz escolhem a opção IP Local, levando em consideração que o servidor G-Cam VMS esteja instalado no mesmo prédio da central.

O GEAR tem o intuito de facilitar a implantação ou expansão da sua central. Também podemos entender a eficiência deste recurso para empresas que possuem centrais anexas da sua empresa em uma mesma cidade, mas em prédios diferentes.


GEAR 2.9.4

Considerações

Nesta versão do GEAR, há melhorias na ferramenta de histórico de atendimento. Agora é possível entender o passo a passo de todos os atendimentos. Detalhes que poderão esclarecer de fato qualquer procedimento tomado e o resultado deste.

Também, o novo botão acionador. Além de conseguir disparar o comando de ação, também é possível carregar a câmera correspondente àquele botão sem precisar ir ao ícone Todas as Câmeras do G-Cam e escolher a câmera relacionada.

Histórico de atendimento
Todo o procedimento realizado em um atendimento agora é registrado e exibido em forma de um relatório, no histórico de atendimento, localizado no menu principal do condomínio.

Para ter acesso ao relatório, basta clicar no ícone indicado (Img #1). É exibida a página de filtros para essa consulta. Os filtros podem ser de busca rápida ou avançada.

Nos filtros de busca rápida, temos a possibilidade de listar registros coletados de dados gerais da última hora, das últimas 24h ou 48h. Já nos filtros avançados, podemos criar um intervalo de data e hora inicial e final. Também, por eventos e/ou por operadores.

Nestes dois casos, vale informar que um filtro anula o outro, logo, se quiser saber a última hora de um determinado operador, você precisará colocar o intervalo da data e hora inicial e final, com espaço de uma hora de diferença e escolher o operador indicado, tudo nos filtros avançados.

Será montada uma lista com os resultados registrados. Dentro dessa lista você conseguirá identificar rapidamente o evento, a origem, a(s) unidade(s), a data e hora do evento, o operador e a duração total deste registro.

Para ver os detalhes basta clicar em um dos registros e ele abrirá detalhando o passo a passo no progresso do atendimento.

Ao final de cada registro, ele apresenta dados que serão lançados para o GEAR B. I (Img #2).

Img #1: o ícone do histórico de atendimento é encontrado no menu principal do condomínio.

Img #2: todos os procedimentos são registrados, passo a passo, no histórico de atendimento.

Novo botão acionador 
Uma grande novidade para os operadores é o novo botão de acionamento dos comandos. Estes botões, que estão sempre visíveis e prontos para serem acionados, agora ganham um ícone que indica se aquele acionador tem uma câmera configurada.

Se existir uma câmera configurada e o operador clicar sobre o ícone, na base do botão, como vemos na imagem Img #3, a câmera instantaneamente abre, dando visibilidade ao operador de proceder com maior cuidado e assertividade, seus atendimentos.

Img #3: percebemos na imagem acima, pelo ícone localizado na base do botão, quando há uma câmera configurada no botão e quando não há.


GEAR 2.9.4: LENTIDÃO PARA CARREGAR TODAS AS CÂMERAS

Considerações

No GEAR, o operador pode por meio de um clique, listar até vinte câmeras de cada condomínio, ao vivo e simultaneamente, por meio do botão TODAS AS CÂMERAS (localizado na base direita da câmera principal), da G-Cam.

Entretanto, ao abrir esta mesma página em mais de um condomínio, o sistema apresentava lentidão para carregar as câmeras, quando necessário. Este bug relatado, foi corrigido e após a rotina padrão de testes, liberado para produção.

Ao clicar no ícone, todas as câmeras são abertas na tela do operador e o mesmo consegue, tanto acompanhar ao vivo o que está acontecendo como também escolher uma câmera a ser exibida.


SAC COM CHAT

Considerações

Agora, por meio no App do Morador, existe um canal direto que liga todos os moradores à empresa prestadora do serviço. Trata-se do SAC com chat.

Pelo aplicativo, um morador dispara uma mensagem que chegará ao GEAR Admin e assim poderá ser respondida por meio de um chat.

As mensagens ficam organizadas em três categorias: abertas, em atendimento e resolvidas. Já as novas mensagens, ainda não idas, independente de qual categoria se encontra, ficam armazenadas em últimas atualizações.

Informe já aos seus clientes essa novidade e faça da ferramenta um aliado para o crescimento da empresa e produtividade da equipe.


GEAR ADMIN 3.1

Considerações

Estávamos ansiosos em anunciar essa novidade. Agora, você já pode oferecer aos seus clientes a leitura de placa veicular, por meio da competente VIP 7208 LPR, da Intelbras.

A VIP 7208 LPR é uma câmera de alta resolução especialmente desenvolvida para leitura de placa. De fácil configuração no GEAR Admin, rapidamente as entradas e saídas dos veículos, podem está sendo monitoradas e controladas pelo trabalho em conjunto da plataforma GEAR com a 7208.

Para fazer a validação das placas, basta cadastrar o veículo normalmente, como já funciona hoje, utilizando um dos seguintes meios de registro:

  • Pelo GEAR Admin;
  • Pelo aplicativo do morador;
  • Ou, pelo próprio GEAR, nosso gerenciador de eventos.

Um vez com o seu veículo devidamente cadastrado, basta o morador chegar ao seu condomínio, equipado com a VIP 7208, posicionar seu veículo e ao capturar e validar a placa, o acionamento de abertura do portão é realizado.


GEAR ADMIN 3.0

Considerações

Em parceria com a Hikvision, embarcamos em nossa plataforma, a homologação do equipamento que tem sido muito bem aceito e usado no mercado de portaria remota.

Trata-se do terminal de acesso DS-K1T671MF, da Hikvision.

O equipamento é bem completo. Uma vez que você decide usá-lo em seus condomínios, irá contar com:

  • Recurso próprio de reconhecimento facial que utiliza câmera de 2mp com lente dupla;
  • Leitor biométrico capacitivo que garante uma leitura mais precisa das digitais;
  • Leitor de tag ou cartão de proximidade Mifare (13,56MHZ);
  • Display inteligente de 7 polegadas, sensível ao toque (touch screen);
  • Acionamento remoto de relé para liberação de portas (pode ser usado com o aplicativo do morador ou pelo GEAR);
  • Dois auxiliares I/O.

Usabilidade
Por meio do seu próprio sistema de reconhecimento facial, o terminal de controle de acesso, da Hikvision, traz a possibilidade de liberação automática do portão para a entrada de pedestres que forem reconhecidos. Isso resulta em eficiência no atendimento de portaria e redução no consumo da central de operações.

Na prática, o morador que tem sua foto cadastrada, chega ao seu condomínio e, de frente ao terminal, aguarda a sua liberação. A leitura e o reconhecimento da face são rápidos, precisos e dispensa a necessidade de qualquer outro tipo de acionamento ou da utilização de itens físicos, como tag, por exemplo.

Envio de informações
Tanto os dados cadastrais quanto as fotos dos moradores, dos colaboradores e/ou dos visitantes autorizados, podem ser inseridos ou atualizados por meio do aplicativo do morador, do GEAR Admin ou do próprio GEAR, pelo operador. Os registros de biometria e dos cartões de proximidade somente são gerenciados através do GEAR Admin.

Em especial, ao fazer o upload da foto de um morador, ou de um colaborador, ou mesmo de um visitante autorizado, esta é lançada, simultaneamente, em todos os terminais DS-K1T671MF que estejam em funcionamento no seu cliente. Já no caso da biometria, dos dados cadastrais da população e das tags ou cartões de proximidade, você consegue apontar, especificamente, quais os terminais que receberão as informações. Essa condição de escolha é feita por meio do GEAR Admin.

Troca de equipamento
Seja para o caso em que apresente algum defeito e haja a necessidade da substituição ou para a troca de outro equipamento pelo terminal da Hikvision, através do GEAR Admin você conta com a função EXPORTAR. Em fração de minutos, o novo equipamento instalado estará munido com todas as informações necessárias para o seu funcionamento.

Observações importantes
Se houver a necessidade de impedir o acesso automático de algum morador, ou de um colaborador, ou mesmo de um visitante autorizado que esteja devidamente cadastrado, utilizando o próprio reconhecimento facial do equipamento, será necessário excluir a foto ou, se caso seja necessário, excluir todo o cadastro desta pessoa no sistema.

Vale ressaltar que a função BLOQUEAR, no aplicativo do morador, no GEAR Admin ou no próprio GEAR, não irá impedir o acesso automático pelo reconhecimento facial do terminal da Hikvision, caso a foto desta pessoa esteja na base de dados dos terminais.

Está prevista para a próxima atualização do aplicativo do morador, a condição de impedimento imediato deste tipo de acesso pela função BLOQUEAR.


GEAR ADMIN 2.8.15

Considerações

Agora, pelo GEAR Admin, é possível fazer cadastros remotos e também a sincronização de todas as digitais e todos os dispositivos de acesso dos moradores e pessoas autorizadas com o leitor biométrico MA300, da ZKTeco.


GEAR 2.8

Considerações

Os operadores passam a contar com uma nova ferramenta, implantada no GEAR a partir desta atualização. Trata-se do VISITANTE FREQUENTE. Esta ferramenta, facilitará na identificação de visitantes recorrentes nos seus condomínios.


Na prática
Um visitante de nome Flávio Magalhães, chega ao Cond. Villa Bella. O operador que faz o atendimento, o identifica e o cadastra. Este cadastro só será armazenado na base de dados, se pelo menos um dos itens abaixo, for respeitado: 

  • Deve informar o nome e o sobrenome. Caso o operador preencha apenas um nome, este não será inserido como um visitante frequente, sendo registrado apenas o log daquele determinado atendimento.
  • Deve informar o número do CPF.

Estes dois pontos são as chaves principais para o registro e identificação de qualquer um dos visitantes frequentes.

Reconhecimento facial
A este cadastro também deve ser atribuida uma foto. Esta foto atribuida não só servir como dupla validação daquele acesso, como também para localizar rapidamente, por meio do reconhecimento facial do GEAR, a ficha de cadastro daquele visitante frequente.

Para atribuir uma foto ao cadastro, o operador deve, clicar sob o ícone da câmera, que fica localizado no topo da ficha. A câmera se abrirá no painel lateral e o operador consegue posicionar, dentro de uma grade, o melhor local para registrar a foto da pessoa. Importante salientar que para um melhor resultado da ferramenta de reconhecimento facial, a foto deve ser feita com o visitante olhando para a câmera e sem máscara (caso esteja usando).



Base de dados universal
Vale ressaltar que, esta base de dados está ativa para qualquer condomínio da sua carteira de clientes, logo, se Flávio Magalhães foi ao Cond. Villa Bella e seis meses depois for a qualquer outro dos seus condomínio, o cadastro e histórico de acesso serão localizados e será feito um novo procedimento de acesso.

Este novo procedimento será registrado na ficha do Flávio Magalhães.


ENVIO DE CONVITE VIA WHAT'S APP

Considerações

Ao criar um convite, o morador passa a ter à sua disponibilidade, tanto a mensagem SMS, quanto o aplicativo What's App, como as formas de envio padrão do App Morador.

Criando um convite
Para criar um novo convite, o morador deve clicar no botão em destaque localizado no menu principal. Este botão levará para uma página onde estarão listados todos os convites já criados.

Nesta página o morador consegue ver todos os eventos já criados, podendo acessá-los e verificar todos os detalhes, dando um clique sob o card desejado.

Para criar um novo convite, basta clicar no ícone ( + ) no canto inferior direito do app.

Uma vez dentro da página, o morador preenche o nome do evento, as datas/horas de ínicio e final deste evento e o meio de acesso dos seus convidados, podendo ser por chave mobile, QR Code tradicional e o tão funcional QR Code Inteligente, recurso este, exclusivo do GEAR.

Depois de preenchidos todos os dados, é a hora de selecionar e listar os seus convidados. Existem duas possibilidades de criar esta lista: adicionando direto da sua lista de contatos do smartphone ou então adicionando manualmente, onde será solicitado o nome e o telefone de contato, com o DDD.

Depois de definida a lista de convidados, o morador tem duas possibilidades de enviar estes convites, ficando a critério de cada um.

A primeira é por meio de mensagem SMS. Depois de adicionar todos os convidados, basta pressionar o botão ao final do formulário. Pronto, todos os convidados receberão uma mesangem SMS com o convite digital.

A segunda é por meio do What'sAPP. Neste caso, o link do convite é enviado individualmente. Para isso, basta clicar no símbolo do What'sApp, ao lado dos dados do convidado.

Após o clique no ícone do What'sApp, abrirá um alerta questionando a permissão pelo acesso ao outro aplicativo.

Basta clicar em Abrir para mudar de app.

Já abrirá a janela correspondente ao seu convidado e o link pronto para disparo. Basta clicar no botão para enviar via chat o link de acesso.

Este link tem validade de expiração junto com o evento criado. Para funcionar, o visitante deve estar dentro do período do evento - data/hora de ínicio e fim - e na frente do condomínio.

Também é necessário que o recurso de compartilhamento de localização do smartphone esteja ativo pois a geolocalização é parâmetro de validação.


GEAR 2.7.3

Considerações

Nesta versão do GEAR, o brilhante recurso de autorização pelo APP vai criar uma nova realidade de atendimento para a sua central. Este recurso, vai reduzir, expressivamente, o TMT do seu atendimento. Isso lhe trará resultados surpreendentes.

Também vamos conhecer o novo corredor de eventos que possibilita abrir até sete eventos simultâneos e saber, de forma clara, se existem cartões aguardando atendimento.  Ainda falando de cartões, para esta atualização, trazemos os novos cartões que apontam evento de portas abertas e/ou violadas com log de último acesso e os cartões genéricos I/O,

Foi embarcado, recurso de alerta de feedback nos cartões. Quando há um evento de resposta, um sinal sonoro é acionado, discretamente para alertar o operador da resolução. Esta opção de alerta pode ser desabilitada a qualquer momento pelo próprio operador.

E por falar em sinal sonoro, foi criada uma função de bina para os atendimentos, com um bip sonoro, para que o operador saiba quem está ligando quando o mesmo estiver com uma chamada em andamento.

Mais detalhes, no decorrer deste artigo.

Homologações

Foram homologados os seguintes equipamentos da marca ZKTECO:

  • Linha InBio: controladora de portas IP biométrica. Modelos: 160 / 260 / 460.
  • Linha C3: painel de controle de acesso à porta baseado em IP. Modelos: 100 / 200 / 400
  • Leitor MA300: um dos leitores biométricos de impressão digital mais inovadores para controle de acesso.

Com este passo, podemos afirmar que hoje, homologados ao GEAR, temos os principais players de controladoras de acesso do mercado: ZKTeco, NiceIntelbras, ControlID e uTech.

Novos cartões de eventos

Foram planejados e redesenhados para um melhor aproveitamento no corredor de eventos. Agora, possuem alguns recursos que darão dinamismo ao atendimento. Mas antes, vamos conhecer os novos desenhos.

No novo corredor de eventos, até sete atendimento podem está sendo feitos simultaneamente, entretanto, caso surjam mais cartões, um painel é aberto ao final do corredor para informar quantos cartões estão pendentes de atendimento.

Abaixo vemos em detalhes o painel com um numeral indicando a quantidade de cartões que esperam por atendimento. A medida que os atendimentos são encerrados, o número vai atualizando até que o painel fique oculto novamente.


Cartão genérico I/O
Este cartão serve para criar vínculo com entradas de sensores de qualquer módulos, podendo ser configurado com o estado de aberto ou fechado. Com isso, você passa a poder criar qualquer situação de evento de acordo com a sua necessidade.

Exemplo: em um mesmo sensor, você pode criar um disparo no sensor de incêndio apontando o estado do evento como aberto. Ainda nele, pode criar outra condição, a de restauração do sistema, que ocorrerá quando o estado do sensor for fechado.

Cartão de porta aberta ou violada com log de último acesso
Para os módulos de automação da linha Inbio, da ZKteco e o Módulo Guarita IP, da 
Nice, é possível criar evento de porta aberta ou porta violada, trazendo também a informação de log do último acesso realizado naquela porta.

Notificação sonora para novos cartões de eventos
A partir desta atualização, qualquer novo cartão de eventos que chegar ao GEAR, soará um bit para informar ao operador que há um novo evento criado. A qualquer momento o operador pode habilitar ou desabilitar os sinais sonoros.


Chamada em espera

O G-Phone, do GEAR, passa a contar com um recurso de grande funcionalidade. Trata-se de um alerta visual e sonoro no momento em que o operador está em atendimento. O número aparece na parte superior do G-Phone com um circulo alaranjado piscando ao lado do mesmo. Também será ouvido pelo operador, um bip sonoro informando desta ligação. Este bip pode ser inibido seguindo as instruções acima deste item.


Autorização pelo APP

Eleve o nível do seu atendimento, reduza os custos da sua central, aumente as suas vendas e proporcione uma nova experiência aos seus clientes.

Todos sabemos que, nos dias de hoje, existe uma tendência de as pessoas responderem mais à aplicativos do que atenderem à ligações. Logo, ao fazer um atendimento, o operador coleta as informações e preenche no script personalizado do GEAR. Em seguida, com apenas um clique, consegue enviar para todos os moradores de uma unidade, a solicitação de Autorização pelo app.

Nesta autorização, são enviados o nome, o tipo de atendimento, as demais informações que o script solicitar e uma foto do momento do atendimento, tudo instantaneamente, via notificação push no app, para todos os moradores de uma mesma unidade.

No aplicativo
Ao receber a solicitação, o morador tem a opção de autorizar ou não com apenas um clique. Já o operador, enquanto não recebe o retorno desta solicitação, pode está agindo com outros procedimentos. A resposta é recebida em tempo real e o mesmo conduz com as tratativas finais deste atendimento.

No GEAR
Depois que a notificação é disparada, surge um contador regressivo no cartão do evento, informando ao operador o tempo de espera para retorno da função. Este tempo é configurado no GEAR Admin de acordo com a realidade de atendimento de cada integradora. Os retornos podem ocorrer por: 

  • Acesso autorizado: quando um dos moradores aperta em AUTORIZAR no seu app.
  • Acesso não autorizado: quando um dos moradores, recusa o acesso direto do app.
  • Tempo expirado: quando o tempo destinado ao retorno de resposta da função acaba e nenhum dos moradores responde à notificação.

Em qualquer um dos casos, o cartão de eventos se comporta de maneira animada para demonstrar ao operador uma resolução e sinaliza com cores distintas qual foi o tipo de resposta. Vemos abaixo um exemplo de como funciona o contador da função:

As cores exibidas nas respostas, são:

  • Se AUTORIZADO: cor verde.
  • Se NÃO AUTORIZADO: cor vermelha.
  • Se NÃO RESPONDIDO (tempo expirado): cor amarela.

IMPORTANTE
Para que o recurso funcione, é necessário que a câmera responsável pela captação da imagem que será enviada aos moradores via notificação push, esteja em pleno funcionamento. No contrário, as notificações não serão enviadas para garantir uma autorização segura e assertiva.

No GEAR Admin
O tempo para este recursos pode ser configurado de acordo com a realidade de cada integradora. Este tempo pode sofrer alterações a qualquer momento. Para fazer esta alteração acesse o GEAR Admin e no menu acesso: CONFIGURAÇÕES / SISTEMA / AUTORIZAÇÃO PELO APP.

No campo disponível, informe em segundo, qual o tempo desejável. Por exemplo: caso você considere adequado o tempo de 30 segundo, basta informar 30 e apertar em Salvar.


APP MORADOR 3.0

Considerações

Nosso APP do morador está de cara nova. Com o conceito de ser adaptativo a qualquer situação, a nova versão do app Morador do GEAR, vai além do tão esperado white label.

As marcas dos nossos parceiros, estarão presentes não somente nos ícones das lojas dos smartphones, mas também dentro do aplicativo. Também, a cor padrão de cada um fará parte da nova identidade do app.

O app Morador, com interface mais amigável e moderna, está preparado para receber futuros novos lançamentos com rapidez, fluidez e versatilidade.

Certamente, será uma nova experiência aos seus clientes.

Identidade visual
No primeiro acesso, vemos a cor de fundo do app, sendo a cor padrão (hexadecimal) da empresa contratante e também a marca estampada na parte superior da página.

Abaixo da marca, um painel para que seja digitado o token de ativação para uso do app, pelo morador.

Para gerar o token de ativação para um morador, basta acessar o GEAR, escolher a unidade e no painel Dados da População, escolher o ícone Código de Ativação (APP).

Após habilitação do app, o morador é conduzido para uma lista de UNIDADES E CONDOMÍNIOS, disponíveis para ele.

Este aplicativo tem uma característica única de conseguir ter em um só app, mais de uma unidade e/ou mais de um condomínio.

Por este motivo, vemos na parte inferior direita da tela, um botão com o ícone ( + ).

Este botão habilita uma página para inserir um novo código de ativação. Detalhes abaixo.

Ao clicar no botão para adicionar nova unidade ou novo condomínio, o morador deve receber um novo token de ativação, gerado no GEAR, especificamente para uma unidade daquele condomínio em questão.

Este novo token, deverá ser inserido nos seis campos correspondentes.

Ao clicar em ATIVAR, uma nova unidade aparece na lista de unidades e condomínios disponíveis.

Como vemos na imagem, uma nova opção de acesso foi habilitada. Este mesmo morador, nesse exato momento tem acesso a duas unidades, em condomínios distintos.

Menu principal
A cor da sua empresa é predominante em todo o aplicativo para que a relação com seu cliente seja mais estreita.

O menu principal é dividido em:

Topo: exibe o nome do morador e a sua foto cadastrada. Vale informar que nesta mesma área, em outras página, podemos encontrar um botão de voltar, ou um botão de fechar e também os nomes das sessões da navegação.

Unidade e condomínio: informa qual a unidade e o condomínio está ativo neste momento. Ao clicar, retorna à página onde o morador escolhe qual unidade ou condomínio acessar.

Menu principal: encontramos nesta área funções principais e indispensáveis para o funcionamento da sua portaria remota, no condomínio.

Convite digital: um banner harmoniozo sinaliza a possibilidade de criar uma lista de convidados. Pode-se enviar aos convidados a possibilidade de acesso por meio de chave mobile, QR Code tradicional ou o exclusivo QR Code Inteligente do GEAR.

Funções básicas: serviço de visualização de câmeras, chaves mobiles e a lista com os principais telefones da empresa.

Meus serviços: área onde ficarão os serviços funcionais para cada morador. Estes recursos são desenvolvidos para trazer agilidade, segurança e comodidade a cada morador.

SAC: um canal destinado a ouvir os moradores. Eles podem escrever dúvidas, sugestões, críticas, solicitações ou mesmo indicações para a sua empresa. Estas mensagens são enviadas para o GEAR Admin.

Marca do parceiro: Nada mais justo do que assinar a página principal do app dos seus clientes com a sua marca. Passa credibilidade e chancela o cuidado em trazer novos recursos, pois ele sempre estará vendo a sua marca.

Câmeras
Agora os seus clientes poderão escolher dentre várias câmeras para visualização. Ao carregar a página, a câmera principal estará em stream e em realtime enquando as outras mostram uma prévia para identificação.

Ao clicar, a câmera escolhida passa a ser a imagem principal em realtime e as outra continuam expostas.

Um outro ganho foi o botão no canto inferior direito da câmera principal: fullscreen. É possível ver a câmera em tela cheia. Basta apertar no ícone e a tela se preenche em toda tela, como vemos abaixo.